EPAGRI/CIRAM
EPAGRI CIRAM
Verão
Início:22/12 Fim:20/03
verao2.png

Projetos - Em andamento

Confira os projetos que fazem parte do dia-a-dia do CIRAM:

Estudo do efeito das duas principais forçantes meteorológicas (vento e pressão) na sobre-elevação do nível do mar no Litoral de Santa Catarina, Brasil
Previsão da marés extremas
Código: 6311250

Problema:
Eventos extremos de maré tem afetado a vida de pescadores, aquicultotres, e a navegação comercial, além dos moradores das cidades litorâneas do estado. Embora haja uma previsão confiável da maré astronômica, a maré total é de previsão complexa pois depende da interação de fatores meteorológicos e astronômicos. Neste sentido é fundamental o uso de ferramentas que ajudem a previsão destes fatores e que traga melhoria da qualidade de vida da população Catarinense.

Objetivos:
O presente projeto se propõe a estudar as variações extremas do nível do mar observadas em Santa Catarina no período de 2015 a 2018, associando-as as condições meteorológicas e oceanográficas que as precederam e/ou estiveram prevalentes durante sua ocorrência, buscando identificar e quantificar os padrões que regem essa influência, buscando aumentar a previsibilidade de sua ocorrência.

Metodologia:
A principal hipótese deste estudo é que é possível obter uma previsão da magnitude da variação da maré num ponto qualquer do litoral catarinense com 6, 12 e 24 horas de antecedência a partir de dados meteorológicos locais e remotos de 100, 500 e 1.000 quilômetros de distância. A caracterização da frentes frias será feita usando uma adaptação da metodologia usada na caracterização das frentes frias no litoral de Santa Catarina( RODRIGUES et al., 2004). Em termos de propagação da energia de marés na costa sul brasileira, será utilizada a metodologia proposta por Melo Fo. (2017), onde foi proposto um modelo de deslocamento da maré de sobre-elevação para o Sul do Brasil. O estudo é dividido em 4 etapas: i) Caracterização da maré astronômica; ii) Caracterização da maré meteorológica; iii) Caracterização dos eventos de frentes frias (vento e pressão); iv) Correlacionar estatisticamente a sobre-elevação da maré. No arquivo em anexo são apresentado mais detalhes.

Resultados esperados:
1. Aumentar o entendimento da influência dos elementos meteorológicos e oceanográficos sobre a formação, duração e dissipação dos eventos de maré extremas positivas em SC; 2. Antecipar em 12 horas a previsibilidade de ocorrência de eventos de marés extremas positivas em SC, diminuindo os danos decorrentes, especialmente para pescadores artesanais, aquicultores e a população de cidades costeiras de Santa Catarina; 3. Apresentar e discutir os resultados com a equipe de meteorologistas da Epagri/Ciram para entendimento e operacionalização da previsão. 4. Reunir informações pertinentes para embasar uma futura modelagem da ocorrência de marés extremas em SC, incorporando seus resultados as metodologias de previsão da Epagri/Ciram.

Responsável:
Matias Guilherme Boll

Unidade organizacional do responsável:
Epagri - Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina

Datas:
Início previsto: 01/10/2019 00:00:00
Fim previsto: 30/09/2021 00:00:00
Fim efetivo:

Equipe:

Nome do Colaborador Unidade
Argeu Vanz Ciram - Oceanografia e Monitoramento Costeiro
Maria Laura Guimaraes Rodrigues Ciram - Meteorologia
Matias Guilherme Boll Ciram - Oceanografia e Monitoramento Costeiro